Como cuidar dos seus olhos

Postado por:

Olhos secos
Quando seus olhos não lacrimejam apropriadamente, podem causar uma dor aguda, queimação e coceira. Estes são os sintomas de olhos secos, uma condição mais comum em mulheres após a menopausa. Medicamentos contra a ansiedade e remédios para dormir, anti-histamínicos, descongestionantes e alguns medicamentos para artrite e pressão alta podem também causar ou piorar os olhos secos. Às vezes, uma reação alérgica aos colírios ou uma infecção que bloqueie os dutos lacrimais podem resultar em olhos secos, ou podem, em casos raros, ser o resultado da síndrome de Sjögren, um distúrbio crônico do tecido conjuntivo. Olhos secos com freqüência acompanham a blefarite.

Noções básicas sobre os colírios
Colírios que diminuem a vermelhidão não devem ser usados para olhos cansados. O uso excessivo de colírios não vai ajudar muito a vermelhidão, já que as gotas removem o vermelho fazendo a constrição dos vasos sangüíneos dos olhos. O uso repetido leva a um efeito rebote e torna os olhos mais vermelhos com o tempo.

Por outro lado, se você sabe que está sofrendo de olhos secos, uma gota ou duas de um lubrificante para os olhos que é vendido sem prescrição, normalmente chamado de lágrimas artificiais, pode dar alívio.

Procure seu médico para ter um diagnóstico. Os preparados de lágrimas artificiais podem ajudar a aliviar os sintomas. Evite colírios vendidos sem prescrição que contenham vasoconstritores; estes podem deixar os olhos ainda mais secos. Outros passos:
Evite cigarro e outros agentes irritantes do ar
cuidado com o secador de cabelos para que o vento não atinja seus olhos
use óculos para proteger seus olhos do vento
use óculos de proteção quando for nadar
mantenha a umidade relativa da sua casa e escritório entre 30 e 50%

Olhos vermelhos
Olhos vermelhos podem significar uma variedade de problemas, desde falta de sono ou uma condição médica simples até uma enfermidade importante que esteja ameaçando sua visão. Se a falta de sono não for o problema, seus olhos vermelhos podem indicar:
um pequeno problema que vai curar sozinho, tal como uma ruptura de pequenos vasos sangüíneos da conjuntiva, possivelmente devido a uma tosse ou espirro forte
uma reação alérgica
uma infecção bacteriana ou viral da conjuntiva
o surgimento de um terçol
irite, uma inflamação da úvea, a camada do olho que inclui a íris (a irite pode requerer tratamento com remédios)
um trauma, tal como um objeto estranho dentro do olho, o que pode requerer primeiros socorros e possível atenção médica profissional

Para se livrar da vermelhidão, você pode usar um colírio descongestionante à venda sem receita médica. Mas não use em excesso. O melhor antes de usar colírio é conversar com seu médico para ter certeza que os olhos vermelhos não são sintoma de alguma coisa grave.

Sempre que tiver olhos vermelhos junto com dor, saída significativa de pus ou sensibilidade intensa à luz, visite seu médico. Estes sintomas podem indicar uma inflamação dentro do olho, uma úlcera ou mesmo glaucoma.

Você jamais deve esfregar os olhos se estiverem irritados. Se houver um objeto estranho dentro do seu olho, você poderá comprometer seriamente sua visão.

Degeneração macular

2006 Publications International, Ltd.
A degeneração macular é a causa líder de perda da visão central entre pessoas com mais de 60 anos

Nessa condição ocorre deterioração da mácula, a pequena parte central da retina. Esta deterioração leva ao escurecimento da visão central, enquanto a visão periférica permanece intacta. A degeneração macular é a causa líder de perda da visão central entre pessoas com mais de 60 anos. Ela geralmente não leva à cegueira completa, mas restringe gravemente as atividades que dependem da visão central, como ler e dirigir. Os fatores de risco para a degeneração macular incluem cigarro, idade e histórico familiar de degeneração macular.

Há dois tipos de degeneração macular: degeneração macular seca e úmida. A degeneração macular úmida é o tipo mais grave e causa a maior parte da perda de visão, mas é responsável por somente 10% de todos os casos de degeneração macular. A degeneração macular seca é mais comum, ocorrendo em 90% de todos os casos, e tende a progredir mais lentamente. Em todos os casos, a perda de visão é progressiva, mas a taxa de progressão varia com o tipo e estágio da degeneração macular. Há muitas opções novas de tratamento que podem tornar mais lenta a progressão, embora não curem a doença. Se você foi diagnosticado em um estágio inicial da doença, converse com seu médico sobre tomar altas doses de vitaminas A, C e E e zinco. Tem sido comprovado que isso ajuda a retardar a progressão da doença. Os fumantes, contudo, não devem tomar fórmulas que contenham betacaroteno, já que isso aumenta o risco de câncer de pulmão. Estágios mais avançados de degeneração macular podem ser tratados com diferentes tipos de terapia a laser ou com injeções de um remédio diretamente dentro do olho que interfere no mecanismo que causa a doença.

Por Donald Patten, M.D. – traduzido por HowStuffWorks Brasil

0

Sobre o Autor:

  Artigos Relacionados

Enviar um comentário