Orgonite

orgonite

Nós produzimos orgonite de qualidade para a sua saúde, caso tenha interesse entre em contato.

Terapeuta Simone Filkauskas Sequeira e Terapeuta Luiz Carlos Costa Sequeira

Para que possamos explicar o que é um orgonite, é indispensável saber o que vem a ser orgone:

A DESCOBERTA DA ENERGIA ORGONE

No final do século 19 e início do 20, o médico, cientista, psicanalista e psiquiatra austríaco, Dr. Wilhelm Reich, que viveu de 1897 a 1957, querendo descobrir cientificamente se realmente existia a Energia Vital Universal – uma força fluída invisível que preenche toda natureza e anima os seres vivos – A Fonte da Vida e da Saúde, tão propagada milenarmente em diversas culturas por diversos nomes como:

Energia Bioplasmática, Eter, Pneuma, Prana, Elo Vital, Chi, Ki, etc… provou cientificamente sua existência e estabeleceu as leis e as propriedades que a regem. Reich elaborou trabalhos e testes que viraram provas científicas contundentes sobre a existência desta energia, colocando-a definitivamente a nível de ciência, e a denominou de “Energia Orgônica” – uma homenagem e alusão à matéria Orgânica (a matéria que mais atrai essa energia).

Reich criou (entre tantas outras descobertas) a “Caixa Orgônica” ou “acumulador de Orgone”, que é um equipamento desenvolvido por ele para acumular a energia vital (que ele chamou de Orgone) presente na atmosfera do nosso planeta e transmiti-la ao organismo de quem a utiliza, fortalecendo a bioenergia celular (a energia dos organismos vivos) e, com mais energia, o corpo consegue manter-se saudável ou curar-se das doenças.

A ciência já comprovou que o corpo humano é uma máquina que gera e depende de energia para funcionar. Todas as manifestações no corpo humano dependem de energia, pois cada movimento ou pensamento é uma sequência de pulsos elétricos.

Bom, chegamos então ao “Orgonite”.

Não foi Reich quem criou os orgonites e sim Karl Hans Welz que nos anos 90 desenvolveu esse objeto receptor, transformador e emissor de energia orgônica. Suas peças não tinham esse nome e eram feitas com partículas finas de metal e quartzo em pó.

Anos depois, Don Croft, que fazia experimentos com os acumuladores de Orgone de Reich, ficou sabendo por intermédio de um amigo sobre a tecnologia desenvolvida por Welz. À partir daí começa então a fazer novos experimentos, agora associando a tecnologia de Karl Welz e em 2001 Don e Carol Croft fazem a primeira peça de orgonite chamada “ Granada Santa”.

Hoje em dia, quando se faz referência à palavra “ Orgonite”, na verdade está se falando do trabalho de Don Croft.
A grande e importante diferença da “caixa de Orgone” de Reich para os “ orgonites” de Don Croft é que a caixa de Orgone ou acumulador de Orgone, como o próprio nome diz, capta a energia orgônica e a acumula dentro da caixa.

As caixas são feitas com material orgânico (fibra de algodão ou outro material orgânico similar) e metálico ( chapas metálicas), revestidas de madeira. O material orgânico capta a energia e o material metálico a mantém contida dentro da caixa.

A caixa é utilizada em condições específicas e a temperatura interna deve ser sempre maior do que a temperatura externa ( ambiente), pois caso contrário, ao invés de atrair e manter energia positiva POR (Positive Orgon Radiation), atrairá energia DOR (Deadly Orgone Radiation).

As caixas de Orgone não podem estar próximas à aparelhos como micro-ondas, computadores ou em regiões com antenas de celulares e outras radiações negativas.

No caso dos orgonites, a energia captada, mesmo sendo negativa (DOR) é transformada em positiva (POR). Por esse grande e poderoso diferencial, os orgonites são muito úteis para transmutar a energia negativa em positiva, sendo eficazes nesse sentido, quando colocados próximos à computadores, televisores, entre outros eletrônicos.

No ambiente, purificam o mesmo e geram uma atmosfera positiva e saudável, beneficiando todos que transitam ou fiquem no cômodo onde o orgonite está. Plantas, animais e pessoas se beneficiam da radiação extremamente positiva emanada 24 por dia ininterruptamente através dos orgonites.

Alguns orgonites são específicos para os ambientes, como a granada sagrada entre outros. Existem também os orgonites específicos para a utilização pessoal e nosso foco é centrado nestes últimos.

COMO É FEITO UM ORGONITE:

Resina (material orgânico derivado do petróleo) + limalhas metálicas (material inorgânico) + cristal.
O material orgânico (resina) capta, atrai a energia orgônica.
O material metálico a mantém absorvida dentro da peça

O cristal transmuta a energia negativa em positiva, ou seja, a energia que entra no orgonite é negativa (DOR), mas a energia que o orgonite emana (ao ser transmutada com o cristal) é extremamente positiva e benéfica (POR). Mesmo que o orgonite capte energia positiva, ele a manterá, mas se for energia negativa, será transformada em positiva, conforme mencionado.
orgonite
COMO FAZEMOS NOSSO ORGONITE:
Desenvolvemos nossos orgonites com o mais profundo sentimento de amor por esse trabalho, dedicação e alegria imensa, através de muitos estudos e pesquisas, seguindo o padrão fiel de captação, absorção e transmutação de energia. Buscamos trabalhar com materiais de alta qualidade e que contribuam de forma positiva para que a peça proporcione exatamente o que lhe é proposto. Caso tenha interesse entre em contato pelo whatsApp: 11-99442 2872 ou pelo link contato.

Metal :
Verificamos, por exemplo, que entre os materiais metálicos, que podem ser: alumínio, latão, cobre, entre outros, o mais comum e escolhido, com a justificativa de ser uma material de cor clara e por isso transmitir pureza e clareza, é o alumínio, no entanto há trabalhos e estudos que relacionam o alumínio à doenças como Alzheimer, câncer, entre outras. Por esse motivo não trabalhamos com alumínio. Damos preferência ao cobre. É um material de maior condutividade elétrica quando comparado com outros materiais metálicos. Perde apenas para a prata, conforme tabela abaixo.

A condutividade elétrica é muito importante para que haja grande captação e absorção de energia dentro do orgonite. Obviamente o custo do alumínio é muito inferior ao do cobre, mesmo assim, vale muito a pena utilizar um material que mesmo tendo um custo maior, traz uma qualidade superior ao alumínio e por prezarmos a qualidade, só produzimos orgonites com cobre.

Verifique tabela abaixo:

Material / Condutividade (S.m/mm2)

Prata – 62,5
Cobre – 61,7
Ouro – 43,5
Alumínio – 34,2
Bronze – 14,9
Latão – 14,9
Ferro – 10,2
Estanho – 8,6

Resina:
Utilizamos como material orgânico que compõe o orgonite a resina de poliéster derivada de petróleo. Lembrando que o orgonite é composto apenas por três elementos: material orgânico para atrair/captar a energia Orgone (resina) + material inorgânico – metálico para absorver e conduzir a energia (cobre) + cristal para transmutação da energia negativa em positiva.

Cristal:
O elemento responsável pela transmutação da energia que o orgonite capta é o cristal. Como nosso foco é desenvolver orgonites para tratamento pessoal, com o objetivo de equilibrar toda a parte energética do corpo, visando harmonizar o sistema físico, emocional e mental, desenvolvemos orgonites específicos para cada um dos sete chakras principais de nosso corpo, que, por si só, cumprem essa função de harmonizar todo nosso sistema.

Utilizamos pedras (cristais) de alta qualidade, naturais (não utilizamos materiais sintéticos com corantes ou outros componentes tóxicos) e cada pedra corresponde à frequência e irradiação de cor de cada chakra. Para isso seguimos as diretrizes de nossa formação e estudos com cristais, fundamentando a escolha dos cristais nos ensinamentos que obtivemos com o grande e querido mestre Antônio Duncan (já falecido) e através dos trabalhos de Katrina Raphael.

Verificamos que há muitos orgonites no mercado sendo feitos com corantes, purpurinas, entre outros materiais, sendo uma interferência desnecessária, já que o próprio cristal utilizado já possui e irradia a frequência de cor do mesmo e que corresponde ao chakra à ser equilibrado.

Cada cristal contido em nossos orgonites foi devidamente limpo, energizado e programado para que atue diretamente na frequência do chakra à ser tratado.

Nota: Nossos orgonites, mesmo sendo feitos para o equilíbrio dos chakras, podem ser utilizados para equilibrar também os ambientes, bastando simplesmente deixá-los expostos no local desejado.

Principais benefícios do orgonite:

• Orgonite retarda o envelhecimento celular
• Aumenta a vitalidade física, sensação de juventude e entusiasmo
• Relaxa, descansa e traz disposição, melhora a qualidade do sono, trata a insônia
• Ajuda muito, de forma complementar, no tratamento da depressão e de fraquezas
• Ajuda a reduzir o estresse
• Orgonite ativa a vivacidade mental melhorando o aprendizado e a geração de ideias
• Ajuda a renovar e recuperar os tecidos (lesões, feridas, cortes, fraturas, etc…)
• Ajuda a equilibrar os ritmos corporais (fome, sede, sono, digestão e evacuação)
• Ajuda a regularizar as funções sexuais
• Melhora a coordenação motora
• Fortalece a imunidade (resistência) à doenças
• Alivia as dores musculares
• Alivia muito o sofrimento do doente com câncer como forma coadjuvante ao tratamento médico, que não deverá ser abandonado.

Muito Importante: O orgonite não substitui o tratamento médico, que não deverá ser interrompido de forma alguma.