Cristais de Flocos de Neve

Postado por:

O professor Kenneth Libbrecht estuda ondas gravitacionais no Instituto de Tecnologia da Califórnia. Mas sua grande paixão é entender como diferentes formas de flocos de neve se formam a diferentes temperaturas.

Libbrecht passou dez anos viajando pelo mundo fotografando flocos de neve. Agora, tem uma coleção de dezenas de milhares de imagens microscópicas.

“Quero saber por que formam-se placas a -2ºC, colunas a -5ºC, mas placas novamente quando a temperatura chega a -15ºC”, diz.

Libbrecht afirma que o método de individualizar um cristal de neve para fotografá-lo é o mesmo há anos. “Você deixa o cristal cair sobre (uma superfície) negra ou escura. Daí você pega-o com um palito de dente e coloca em uma lâmina de vidro.”

É atribuída ao fazendeiro americano Wilson A Bentley (1856-1931) a captura das primeiras fotos de flocos de neve individuais. Ele revelou milhares de imagens em formato de joias, todas diferentes entre si. Dez das imagens de Bentley foram vendidas por US$ 4,8 mil (cerca de R$ 10 mil) em 2010. (Foto: Kenneth Libbrecht).

O site do professor (www.its.caltech.edu/~atomic/snowcrystals/class/class.htm) traz mais informações sobre a formação dos flocos de neve.

wDscn1714a w050207a069 w050207a045 w050207a039 w050121a106 w050118b081 w041219b055 w040220a039 w040219a031 w040217a036 w040123b025 w040123a027 w040122b077 w040122b059 w031224d013 w031224a130

1

Sobre o Autor:

Comentários

  1. anita  novembro 12, 2015

    gostei muito isso vai ajudar me no meu trabalho de pesquisa
    obrigada

    responder

Enviar um comentário